"O senhor é um grande ladrão!"

13/02/2015 18:46

Encontra-se no site Tijolaço --- tijolaco.com.br/blog/?p=24753 --- uma das mais importantes manifestações já publicadas nestas últimas semanas sobre o momento brasileiro. Indo contra a maré de somar-se às críticas generalizadas ao governo da Dilma, como têm feito muitos dos que deveriam estar ao lado da presidenta, o jornalista Fernando Brito produziu um texto exemplar. 

 

Pela clareza. Pela contundência. Por mostrar a todos os que travam a boa luta, contra as eternas forças do atraso, como os crápulas devem ser tratados. E devem ser tratados assim: com os adjetivos que merecem, sendo questionados diretamente, olho no olho, sem benevolência.

 

Os malfeitos produzidos pelo ladrão Paulo Roberto Costa, o sujeito a quem o jornalista Brito se dirige, já causaram um prejuízo incontornável ao Brasil, resultando em atraso ainda a ser medido no processo de reinserção do País no caminho do futuro. 

 

Milhares de trabalhadores estão perdendo seus empregos. Milhões de jovens podem ter seu futuro imediato comprometido porque esse ladrão e seus asseclas colocaram sob risco e suspeita a maior empresa brasileira.

 

Dar voz a esse grande ladrão, como vem fazendo a imprensa tradicional, em seu desespero pela manutenção das benesses que sempre desfrutaram dos governos --- inclusive, infelizmente, dos governos do PT --- é um crime de igual proporção. Esse sujeito roubou a Petrobras e as empresas de comunicação que lhe dão guarida são cúmplices desse roubo. Moralmente são tão ladras quanto.  

 

É uma associação de ladrões contra o Brasil.