Mas, que merda é esta?

16/12/2016 08:11

Os procuradores da LavaJato, tendo o sr. Dallagnol à frente, inseriram em mais uma de suas estapafúrdias denúncias contra Luiz Inácio Lula da Silva a seguinte explicação (se se pode chamar a isso de 'explicação'): "Esta denúncia reafirma o compromisso do Ministério Público Federal com o cumprimento de suas atribuições constitucionais e legais, independentemente das tentativas de intimidação dos acusados e de seus defensores, dos abusos do direito de defesa em desrespeito ao Poder Judiciário e do abuso do poder de legislar utilizado em franca vingança contra as instituições".

Mas, que merda é esta?

O que esses sujeitos estão pensando? Se julgam representar a instituição para a qual prestaram concurso, o MPF, enganam-se redondamente, pois em verdade estão a denegri-la com sua obsessiva perseguição a Lula e ao Partido dos Trabalhadores, cruzada esta movida por um misto de ignorância e má-fé a serviço de interesses externos.

Um dia, que não há de tardar, esses jovens despreparados e seus juízes associados serão — eles, sim — levados às barras dos tribunais, para responder pelo crime de traição aos interesses nacionais que estão a perpetrar.

Eles, sim, são os reais criminosos neste kafkiano espetáculo em que nos encontramos, onde corruptos golpeiam honestos, sob a alegação de estarem a lutar contra a corrupção. Onde autoritários golpeiam democratas, com a justificativa de estarem a defender a democracia. Onde a Justiça é usada para cometer injustiças e todos, da primeira à última instância, usam seus poderes constitucionais para fazer política, ou se calam, cúmplices, enquanto prospera a condenação de inocentes e o País vai mergulhando na barbárie.

Não há neste momento, no Brasil, uma única instituição de Estado que mereça o respeito dos cidadãos.

A bandalheira é geral. A inversão de papéis está evidente. A sobreposição do interesse particular ao interesse público virou o novo normal. E tudo bem, foda-se o projeto de um país mais democrático, mais justo, mais inclusivo, mais honesto, mais amadurecido, civilizado.

Foda-se o Brasil! É isso?

 

Veja  AQUI  o que diz o advogado Juarez Cirino dos Santos, um dos defensores de Lula.