As águas de março e o Brasil

12/03/2018 15:09

Temos aí uma, duas semanas decisivas para que os destinos do Brasil venham a ser definidos.

Tudo gira em torno do que acontecerá com o cidadão Luiz Inácio Lula da Silva.

Ele será preso?

Como se dará sua prisão?

Lula será encarcerado e tornado incomunicável?

E se, prevendo a possibilidade de um encarceramento, Lula já tiver gravado um vídeo conclamando seus apoiadores a votarem neste ou naquele candidato que, sabemos (dado seu poder de transferência de votos), poderá vir a se eleger Presidente?

Ou Lula será colocado em prisão domiciliar, proibido de se manifestar publicamente sobre questões político-eleitorais?

Se isso ocorrer, ele aceitará passivamente uma restrição esdrúxula e ilegal como essa?

Ou Lula obterá o Habeas Corpus que a Constituição lhe garante, passando a responder em liberdade ao processo ilegal de que está sendo vítima, mantendo seus plenos direitos, inclusive o de ser registrado como candidato à Presidência da República?

Há muitas perguntas no ar.

Mas também há uma certeza. E esta, absoluta:

O GOLPE CONTRA O BRASIL, PATROCINADO PELO CONGLOMERADO MILITAR-FINANCEIRO INTERNACIONAL, FRACASSOU.

Ou seja: é impossível cavalgar o Caos.