Atingimos um novo patamar: a insurreição

27/04/2018 12:32

Neste exato instante em que Brasil se encontra mergulhado em inédita crise, com gravíssimo impacto na economia e efeitos criminosos sobre toda a sociedade, crise esta alimentada por interesses externos e posta em prática por agentes internos traidores do País (instalados no chamado sistema de Justiça, no grupo Globo e seus satélites da velha mídia, manipuladores de parcela da ignorante classe média nacional), neste exato instante é preciso anotar e dizer o seguinte:

Se o sistema de Justiça entreguista, que tem em Moro seu operador mais visível, se recusar a cumprir a decisão da segunda turma do Supremo Tribunal Federal (ou seja, remeter a São Paulo os inquéritos contra Lula que se encontram em Curitiba), teremos caracterizada uma subversão da ordem institucional, neste caso gravíssima, a mais grave delas porque perpetrada por agentes públicos que devem obediência à hierarquia de suas corporações. (Como se já não tivesse bastado o comandante do Exército ter pressionado o STF via twitter e não ter sido preso por insubordinação...)

Se essa recusa de Moro e seus associados se efetivar, nada mais impedirá que TODOS os brasileiros se insurjam contra TODAS as instituições.

E isto, não duvidem, vai ocorrer. Já está ocorrendo.

Sim, porque num quadro institucional em que um cidadão (e seus associados) pode TUDO, inclusive afrontar impunemente a Constituição, a desordem terá se transformado em norma.

Tudo valerá.