Quente e fervendo

05/01/2019 20:17

Liberalismo econômico? Ora, senhores, não sejam ridículos!

O mundo construído sobre esses pilares está se esfarelando sob as suas (falta de) barbas.

O que lhes ensinam nessas escolas que vocês frequentam? O que vocês estudam? O que vocês lêem?

Vocês entendem o que lêem? Vocês estudam mesmo? Parece que não. Ou não estariam pensando e agindo como agem.

Que merda é essa de país que vocês estão querendo construir? Não será o Brasil com futuro, porque isso que está no horizonte (de vocês) é a negação do destino deste povo.

O Partido dos Trabalhadores é uma quadrilha? Lula é o maior dos corruptos? Ora, senhores, façam-me um favor. PT e Lula apenas expuseram a canalhice e a corrupção que construiu essa república que vocês protejem e tutelam desde sempre, a república da corrupção institucionalizada e hipócrita.

E se em algum momento erraram (e erraram!), ao menos reduziram a miséria e descortinaram um caminho de esperança. Um caminho que vocês deveriam estar a trilhar e que, se durarem, um dia trilharão, porque é o único que nos serve.

PT e Lula não podem ser punidos como vêm sendo. É covardia. É canalhice, a velha e escrota canalhice.

Pois bem, é certo que ainda não chegamos ao fundo deste poço.

É preciso que todos tenham ciência disto: ainda falta muito para chegarmos ao fundo.

Vamos, então, mergulhar neste processo de destruição de todas instituições fajutas que vocês construíram ao longo dos 518 anos de nosso País. E vamos seguir sem dó nesta tarefa.

Sem dó nem piedade.

É a nossa catarse civilizatória.

Nosso processo de purificação pelo exercício de todo o mal possível e imaginável, até que mais nenhuma hipocrisia reste de pé.

Vamos nessa.

Com Lula e Dilma tivemos a derradeira chance de realizarmos essa passagem pela via pacífica, construtiva, alegre, prazerosa.

Não foi possível, porém, completar o ciclo virtuoso, solucionar com elegância a equação, completar a travessia gloriosa e bela.

Que venham as trevas!

Vamos pro pau, se é isso que os senhores querem.

Que venham os neo-hunos, os novíssimos velhos bárbaros deste século digital e toda a sua proverbial ignorância e imbecilidade.

Ainda falta muito a ser destruído até que as consciências despertem, a onda malígna se reverta e passe a agir no sentido contrário ao da destruição.

Até lá, segurem-se, senhoras e senhores, porque a viagem vai ser turbulenta.

Um 2019 com saúde a todos os combatentes desta aventura alucinante que já está em pleno curso.

Tenho dito e repito: é impossível cavalgar o Caos.

E viva o povo brasileiro!

Enquanto o isso, "Adeus América", por Susannah McCorkle ou João Gilberto.